tecnologia

@4

Pilar tecnológico

E se a tecnologia nas áreas de produção, distribuição, vendas e comunicação funcionasse para o ser humano em vez de ser usada apenas para manipular, dividir, escravizar e prejudicar outros seres humanos?

E se a tecnologia de ponta estivesse aberta a todos que quisessem aprender e empreender e gerassem unidade, igualdade e oportunidades?

E se a tecnologia fosse usada para desenvolver projetos colaborativos, com transparência, para que todos pudessem resolver problemas no contexto cultural-local?

Com a tecnologia disponível, o mundo já atingiu um paradoxo social: por um lado estamos todos mais próximos e mais conectados, mas por outro, acabamos cada vez mais alienados neste novo mundo frio e distante. As pessoas se sentem obsoletas e incapazes porque não têm acesso ao conhecimento. A inclusão digital precisa ser um direito de toda a humanidade. Infelizmente, populações desfavorecidas e grupos importantes como os idosos não conseguem acessar o mundo digital e acabam segregados, sem acesso a informações, conhecimentos e oportunidades.

No campo profissional, mais e mais indústrias estão explorando soluções robóticas para substituir o aspecto humano em vez de realocar pessoas para outras áreas, focando apenas em números e produtividade. O resultado é um aumento acentuado do desemprego e da pobreza.

A FreedomeE vê a tecnologia como uma ferramenta de desenvolvimento humano, que permite a disseminação do conhecimento, o acesso à educação, a geração de melhores oportunidades e igualdade de condições para que os empresários pratiquem a melhoria dos seus processos e, assim, impactem positivamente a sociedade e o meio ambiente.

Nós nos esforçamos para usar o mundo tecnológico como um recurso para apoiar os seres humanos. Nossa plataforma une empreendedores, produtores, influenciadores, investidores, doadores e consumidores responsáveis, potencializando a criação da economia de “Humano para Humano”.

Você também acredita na humanização da tecnologia, tornando-a um instrumento de bem-estar inclusivo? Então  junte-se a nós!